• CENSIE

Como escolher a prótese de mama ideal?




As cirurgias plásticas nas mamas estão entre as mais procuradas por mulheres no Brasil, de acordo a SBCP. Alcançar os seios dos sonhos envolve algumas decisões a serem tomadas em conjunto com o cirurgião, que vão definir:


O formato das suas mamas após a cirurgia;

O tamanho a ser alcançado;

Se o colo será marcado ou não;


FORMATO:

ANATÔMICO: As próteses anatômicas têm formato de "gota", com a base mais larga e o ápice mais achatado, tentando reproduzir o formato de um seio natural.

REDONDO: Esse formato preenche toda a mama e têm diferentes tipos de perfis. Ele deixa a mama mais marcada e com aspecto mais artificial.

CÔNICO: É semelhante ao formato redondo, mas mais projetado para a frente, com a ponta um pouco mais fina e pontiaguda.


PERFIL:

PERFIL ALTO: Tem uma base de menor tamanho e são mais altas, deixando os seios mais projetados para frente, sem tanta necessidade de preenchimento de volume no colo mamário. São as mais utilizadas.

PERFIL MODERADO: São indicadas, geralmente, para mulheres com ombros ou tórax mais largos, são mais redondas e achatadas, aumentam o tamanho dos seios "para os lados" sem muita projeção para frente.

PERFIL BAIXO: Tem a base mais larga e são mais baixas, dando maior projeção no colo dos seios.

PERFIL ANATÔMICO: É mais utilizada em pacientes que já tem mamas com formatos estéticos e querem aumentar o tamanho.


T AMANHO: A escolha do tamanho da prótese vai depender de fatores como o desejo da paciente e a indicação médica, já que vai passar por avaliações como a quantidade e qualidade de pele disponível em cada caso.


Para saber quais são as indicações para o seu caso, agende a sua consulta com o Dr. Luciano Grissoto, pelo telefone (41) 3339-2060 ou WhatsApp: 98823-9854.

CRM/PR - 35588

7 visualizações0 comentário