• CENSIE

Saiba como reduzir os riscos de demência




A modificação de 12 fatores de risco associados ao estilo de vida pode atrasar ou prevenir até 40% dos casos de demência


Os riscos durante a juventude, antes dos 45 anos, como a baixa escolaridade, por exemplo, afetam a reserva cognitiva; durante a meia vida (45-65 anos) e no idoso influenciam a reserva cognitiva e desencadeiam desenvolvimento de alterações neuropatológicas.


Seguem as principais dicas para reduzir o risco de demência : - Invista em educação quando jovem e mantenha-se cognitivamente ativo quando adulto e idoso; - Realize de atividades físicas regularmente; - Mantenha-se socialmente ativo; - Controle a pressão arterial; - Em caso deficiência auditiva use aparelhos auditivos; - Cesse o tabagismo, mesmo que na terceira idade; - Trate casos de obesidade: elevado índice de massa corporal está associado a maior risco de demência; - Trate sintomas depressivos: ocorrência de transtorno depressivo está associado a maior do risco de demência. Pode ser um sinal inicial de que já existem alterações neuropatológicas de demência. O tratamento desse quadro pode melhorar a performance cognitiva; - Realize o controle adequado do diabetes: Indivíduos diabéticos que mantêm controle adequado dos níveis glicêmicos, conseguem reduzir o risco de demência associado ao diabetes; - Evite consumo excessivo de álcool; -Evite traumatismos cranianos; - Reduza a exposição à poluição.


Agende a sua consulta com a NEUROLOGISTA DO CENSIE, Dra. Nancy Watanabe - CRM 38159

Nosso telefone é: (41) 3339-2060 ou WhatsApp: 98823-9854. Estamos na Rua Padre Anchieta, 2050 - Cj 1412 - Curitiba - PR.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo