• CENSIE

É possível evitar a baixa estatura com tratamentos realizados na infância



O crescimento do seu filho está evoluindo de forma adequada para a idade


A forma mais fácil de observar o atraso no desenvolvimento é quando a criança é pequena se comparada aos colegas de classe ou se as roupas e sapatos demoram a ficar apertados. Porém, mais importante do que comparar o seu filho com os coleguinhas, é verificar se a altura dele está de acordo com a altura dos pais.


A endocrinologista pediátrica é a profissional responsável por verificar se a altura está adequada, e caso não esteja, identificar a causa do atraso do crescimento e indicar o tratamento ideal para que a criança possa voltar a crescer e alcançar a estatura esperada na juventude.


Até os primeiros dois anos de vida a nutrição é o fator mais importante para o crescimento de uma criança. Após essa idade, fatores genéticos como a altura dos pais e o hormônio do crescimento (GH), dentre outros, interferem em quanto a criança vai crescer.


Além disso, atividade físicas, alimentação, doenças , fatores psicológicos e o uso de medicamentos também influenciam no crescimento natural.


Entre as doenças que podem interferir nesse processo, estão: doenças crônicas, hipotireoidismo,puberdade precoce, deficiência de hormônio do crescimento, doenças gastrointestinais, síndrome de turner, entre outras.


Para saber mais, agende o seu horário com ENDOCRINOLOGISTA PEDIÁTRICA do CENSIE, Dra. Milene Geiger Frey - CRM 15727.


Entre em contato pelo telefone (41) 3339-2060 ou WhatsApp: 98823-9854.

Estamos na Rua Padre Anchieta, 2050 - Cj 1412 - Curitiba - PR.

0 visualização0 comentário